Um Novo Coração

A História de Judith


Um anel faz uma sombra em forma de coração nas páginas das escrituras.

Desde que me lembro luto com um distúrbio alimentar. Meu distúrbio me levou a muitas complicações de saúde, fui então de médico em médico buscando uma solução rápida. Quando um médico me diagnosticou com fibromialgia, os analgésicos se tornaram parte da minha vida e logo me tornei dependente. Esta dependência foi a forma de anestesiar a dor que eu tinha suportado durante toda a minha vida.

Depois de anos neste estilo de vida, acordei de manhã no hospital devido a uma overdose de drogas. Eu estava entorpecida. Meu mundo estava escuro e sentia-me sozinha e perdida. Este não era o rumo que eu queria que minha vida tomasse.

Meu filho adulto me disse que eu precisava de ajuda e comecei a escutá-lo. Tive sorte de encontrar uma terapeuta maravilhosa que estava familiarizada com o Programa de Recuperação de Dependências. Ela disse que eu devia experimentá-lo porque se eu não conseguisse ajuda para minha dependência eu iria morrer.

Entrei em minha primeira reunião sentindo-me entorpecida e perdida, achando que nada iria ajudar. Contudo, resolvi continuar e comecei a aplicar os princípios ensinados no programa. Logo aprendi a importância do que eu precisava saber já no primeiro passo: Eu, pessoalmente, sou impotente sem Deus. Eu não poderia fazer isso sozinha e nenhum médico poderia resolver a dor emocional que eu estava sentindo.

Com cada passo, comecei um processo de mudança de vida. Parei de confiar no braço da carne e comecei a confiar no meu Salvador Jesus Cristo, o único médico que podia me curar. Entreguei minha vontade e minha vida aos cuidados de Deus e de Seu Filho. Comecei a entender o convite do Senhor: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo” (Apocalipse 3:20).

À medida que continuei no programa pude sentir minha transformação. A nuvem negra em minha alma foi removida e comecei a ver melhor as coisas. Os princípios do sexto passo ensinam: “Por meio do Profeta Ezequiel o Senhor declarou: ‘E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne’” (Ezequiel 36:26). Chorei ao ler aquelas palavras, tão animada por sentir novamente. Senti o Espírito testificar fortemente a mim de que Cristo e Sua Expiação eram reais e que Ele já havia sofrido por mim para que eu não sofresse. Meu coração de pedra começou a bater de uma nova forma naquele dia.

Estou há quase dois anos livre de minha dependência, sou ativa em minha ala e sirvo em um chamado. Sou esposa e mãe de cinco belos filhos, dois dos quais estão servindo em uma missão de tempo integral. Mudei física, emocional e espiritualmente e finalmente tenho a paz que buscava, pois aprendi a perdoar a mim mesma e a meu próximo. Agradeço a meu amoroso Pai Celestial diariamente pela vida que Ele me deu.