A Procura por Algo Mais.

A História de Chris


Um homem olhando o pôr do sol.

Quando eu era muito jovem, minha mãe casou-se com um homem que era alcoólatra e que abusava fisicamente dela e de mim. Voltei-me para o álcool e as drogas como um escape e aos 12 anos já era dependente. Nos anos que se seguiram, usei cigarros, sexo, álcool e drogas para escapar de minha triste realidade. Sentia que só me encaixava com os dependentes de drogas e outros excluídos devido ao que minha vida se tornara.

Quando fiz 30 anos, fiquei cansado da miséria e da dor decorrentes de meu estilo de vida como dependente de drogas. Decidi ir para casa em busca de amor e reconciliação com minha família, mas não tive sucesso. Então me voltei para a religião organizada pela primeira vez em minha vida adulta. Senti certo consolo e satisfação ao visitar muitas igrejas, procurando por respostas para uma vida melhor. Acabei me filiando a uma igreja, mas logo fui expulso e recebi a classificação de “marcar e evitar” (que eu deveria ser evitado pelos membros daquela congregação), devido a meu estilo de vida. Por causa dessa experiência, desisti da religião e comecei a beber muito novamente. A vida piorou mais ainda quando perdi o emprego e gastei quase até o último centavo em drogas e álcool.

Alguns anos depois, recebi um telefonema de um antigo supervisor, pedindo que trabalhasse com ele em outra cidade. Aceitei o emprego e me mudei, mas levou apenas algumas semanas e um pagamento antes que eu encontrasse os pontos de droga e continuasse a desperdiçar tudo o que ganhava.

Apesar da dependência, conseguia realizar razoavelmente meu novo trabalho. Até recebi aumentos e promoções durante essa época, mas todo final de semana eu sempre ia direto para os pontos de droga. Desejando uma mudança de vida, entrei na capela SUD mais próxima de onde morava e encontrei os missionários lá. Contei a eles de meus desejos e comecei a receber as lições. Senti o Espírito e sabia que o que ensinavam era verdade. Parei com meu comportamento dependente e logo aceitei o desafio do batismo. Eu estava tão feliz, esperando que finalmente ficasse livre da dependência.

Entretanto, alguns anos depois, um incidente com minha família me fez sentir rejeitado, então acabei voltando às drogas. Saí do trabalho e voltei a ser um sem-teto para manter minha dependência. Durante esse período difícil, o bispo me indicou para o Programa de Recuperação de Dependências e comecei a frequentar as reuniões.

Por meio dos princípios inspirados ensinados no programa, comecei o lento processo de recuperação. Fiz um bom progresso e finalmente consegui ficar sóbrio e servir como facilitador nas reuniões. Depois de me casar, minha mulher e eu fomos chamados para servir como missionários no programa.

Os princípios do evangelho ensinados nos 12 passos do PRD fizeram maravilhas em minha vida, mas com oito meses de missão, aconteceu uma situação difícil em minha vida que me fez voltar a alguns dos velhos hábitos. Lutei muito enquanto aprendia que teria mais mudanças e curas para fazer antes de finalmente poder superar os gatilhos que me levavam às drogas. Mas após um período de desafios, trabalhei para trazer minha vida de volta à ordem e finalmente ficar livre da dependência.

Tenho um sólido testemunho de que a dependência pode ser vencida ao confiarmos no poder do Salvador e em Sua Expiação. Sou um exemplo vivo da veracidade do evangelho; ele transformou meu coração no que Deus desejava que eu fosse.